dESCIDA

quinta-feira, dezembro 2, 2010

Eu te vejo

c
a
i
r

e não sei

o que

fazer,

mas eu penso

que a

única coisa

que eu realmente

queria

era simplesmente poder

escolher,

opinar,

decidir.

Apontar o dedo

e dizer firme:

– É aquilo ali e ponto final.

E ponto.

Ponto.

Fi

nal.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: