vONTADE, AH…

terça-feira, setembro 25, 2012

Não é necessário que seja perfeito, não mesmo. Perfeição demais poderia até estragar. A verdade é que não pode faltar vontade. Sim, vontade, ah… De abraçar, beijar, morder, sorrir, insistir, não resistir. De olhar mil vezes para a mesma foto e não ter dúvidas de que é aquilo que vai te satisfazer, de provar mil vezes a mesma comida e ter a certeza de que é aquilo que vai te completar. E em cada toque, sussurro, encanto, ouvir promessas ditas em silêncio, dizer silêncios eternizando promessas. Ah, vontade, vontade mesmo, não pode faltar. Vontade de olhar nos olhos, de fingir não sentir, de sentir sem fingir. Vontade de estar perto e, ainda assim, não ver a vontade ter fim. Vontade da madrugada, de corpos colados, de lua cheia de luz. Vontade de repensar, reavaliar, reconstruir. Vontade de ver o futuro, tão distante, aqui e agora. Vontade de riscar outros itens da lista, diminuir a quantidade de sal, comprar apenas metade do açúcar e cancelar a pimenta. Porque já não vai te faltar doçura ou calor, há um item substituto: Vontade, vontade… Vontade!

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: