a LUZ APAGADA

sábado, dezembro 8, 2012

“Eu sei, que flores existiram,
Mas que não resistiram
A vendavais constantes.
Eu sei, que as cicatrizes falam,
Mas as palavras calam
O que eu não me esqueci…”

[R. C.]

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: