qUADRADOS AZUIS

quinta-feira, maio 8, 2014

Eu desejei o fim.
Sim, eu o quis e esperei calmamente,
como quem abre os olhos de repente,
e vê, de fato, o que gostaria.

E inacreditavelmente em paz eu fiquei,
de rosto e alma lavada,
nessa louca espera por nada,
que a nada me levaria.

E eu, por completo, apostei,
num fim doce, lento, sereno,
suave, bonito e pequeno,
do dia.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: