fALTA

quinta-feira, maio 26, 2016

Eu busquei os sonhos, eu me busquei lá.  Revirei as lembranças, o futuro tatuado, o medo da morte. Passaram tantas coisas que eu nem se dizer, que eu quis esconder. Esquecer. Passaram as horas, os laços, os calendários. Passou o frio, o abandono, a falta de sorte.
Passaram os desgostos, o mês de agosto, e toda a agonia. Só não passou a vontade de partir, de sumir, de não voltar. Passou por mim todo o passado, passou e parou do meu lado, o velho medo de amar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: