“e QUANTOS QUASE CABEM NUM SEGUNDO?”

segunda-feira, junho 13, 2016

Apague as luzes, feche os olhos e deixe a janela bem aberta.
Substitua na memória o velho sussurro pelo novo sorriso.
Às vezes é o movimento necessário para libertar alguém.
Às vezes é o modo mais fácil de ensinar alguém a voar.

[Não, não olhe pra trás…]

 

“…Me vi chegar no fim do mundo,
Me vi sofrer na solidão
De um jeito que não suportei.”

[Tiê – Isqueiro Azul]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: